Louvores ao Senhor

Free Jesus Cursors at www.totallyfreecursors.com

segunda-feira, 11 de junho de 2018

Sem cultos, Seleção se prepara para a Copa e jogadores expressam fé nas redes sociais

A Seleção Brasileira tem, desde 2016, uma diretriz que proíbe a realização de cultos entre os jogadores, na concentração. Não há vetos a reuniões realizadas nas folgas, fora do ambiente de trabalho. E na Copa do Mundo da Rússia, não vai ser diferente.
No último domingo, 03 de junho, a Seleção disputou um amistoso contra a Croácia e venceu por 2×0. Autor de um dos gols, Neymar usou as redes sociais para expressar sua gratidão a Deus por ter voltado de lesão sem maiores sobressaltos: “Para Ti toda honra e toda glória, meu Deus”, escreveu o atacante.
Além de Neymar, outros jogadores são evangélicos. O goleiro Alisson, titular sob o comando de Tite, deixa como referência em sua bio no Instagram a frase “Deus é Fiel”. O zagueiro Thiago Silva, capitão da Seleção em 2014, usou sua página para publicar uma foto do tratamento com gelo após o jogo de domingo e afirmou: “Deus no controle”.
Todas essas publicações são apenas uma amostra de um grupo que é apegado à fé para superar adversidades. O meia-atacante Willian, que joga pelo Chelsea e mora em Londres, aproveitou uma folga durante os preparativos da Seleção na capital inglesa e foi encontrar-se com o pastor da congregação que frequenta no dia-a-dia.
Motivo do veto
Os cultos passaram a ser proibidos entre os atletas na concentração depois de um episódio em Boston (EUA), em 2015, quando o pastor Guilherme Batista realizou um culto no hotel da Seleção sem autorização da CBF. De quebra, Batista tirou uma foto com Dunga, fora do contexto da reunião, e publicou nas redes sociais.
Na ocasião, o chefe de segurança da Seleção foi demitido e o coordenador Gilmar Rinaldi anunciou a proibição. “Respeitamos todas as preferências e, na folga, cada um pode fazer o que quiser. Só que, na concentração, eu não quero mais. Nem pastor, nem pai de santo, ninguém. A seleção não pode ter mais do que um grupo. Na parte interna, ela é laica. Não é lugar de religião. É de trabalho”, contou Gilmar Rinaldi ao jornal O Globo, relatando como foi a conversa com os atletas na ocasião.
Edu Gaspar, sucessor de Rinaldi, mantém a postura, o que não significa que o ambiente seja hostil à religiosidade do grupo. O próprio técnico Tite é muito religioso. Católico, ele foi a um templo da Igreja Ortodoxa Russa fazer suas orações quando esteve em Moscou para o sorteio da Copa.
Jornalistas que acompanham a Seleção em seus preparativos para a Rússia relatam que, nos vestiários, o grupo é livre para fazer suas orações antes de cada partida, pedindo por proteção contra lesões e agradecendo por poder representar a Seleção em campo.
1 Coríntios 9:25
"Todo atleta que está treinando aguenta exercícios duros porque quer receber uma coroa de folhas de louro, uma coroa que, aliás, não dura muito. Mas nós queremos receber uma coroa que dura para sempre."
Na Bíblia, o esporte é usado como exemplo da nossa luta e corrida para o céu. Ver 1 Coríntios 9 e Gálatas 2. A coroa de que falam os textos de Tiago 1.12, 1 Pedro 5.4 e Apocalipse 3.11, é uma figura tirada das corridas dos atletas gregos, nas quais os vencedores ganhavam uma coroa de louros como prêmio pela vitória. Assim como Jesus usou figuras e exemplos terrenos para ilustrar verdades celestiais, assim o Novo Testamento usa essas figuras para ilustrar a vida cristã. 

domingo, 13 de maio de 2018

FELIZ DIA DAS MÃES !

FELIZ DIA DAS MÃES !

Dizem que cada criança que nasce é um telegrama de Deus anunciando que ainda ama o homem.
Por 289 vezes a palavra “mãe” ou “mães” aparece na Bíblia. Lendo-as, notamos que o princípio segundo o qual as mães devem ser honradas (Êxodo 20.12), junto com os pais, é repetido várias vezes, no Antigo e no Novo Testamento.
Elas devem ser honradas por serem mães, mesmo que seus conselhos ou práticas não possam ser seguidos. Temos na Bíblia histórias de mães magníficas e outras nem tanto. Devemos, logo, afirmar que, embora haja uma imensa influência delas sobre os seus filhos, elas não são as únicas responsáveis pelas escolhas que eles fazem.
A MISSÃO DE SER MÃE
“Talvez um dos papéis mais preponderantes da mulher destacado na Bíblia, seja o de mãe, embora todos os papéis sejam igualmente reconhecidos. Esse papel de mãe era tão importante nos tempos bíblicos que a esterilidade feminina chegava a ser considerada uma maldição divina, porquanto furtava a mulher de uma de suas funções mais importante na vida. Há casos destacados com especialidade como o de Sara ( Gn 17:15), Raquel (Gn30), e Ana (I Sm 1:2). 

Muitas noites acordadas, cansaços físicos, renúncias, ingratidões, uma tarefa difícil, árdua. Porém é extremamente gratificante para a mãe ver o filho que ela amamentou crescido, criado, formado, bem encaminhado na vida.

É honroso para a mãe ver em seus filhos suas próprias virtudes. É alentador para a mãe ser reconhecida por seus filhos como aquela que esteve ao seu lado nos momentos mais difíceis, educando, corrigindo, formando, protegendo, consolando, animando.

As várias funções da Mãe: Gerar (conceber). Alimentar. Consolar. Dar amor. Proteger. Educar. (ensinar, edificar, exortar, corrigir, repreender). “ Ensina a criança no caminho que deve andar e ainda quando for velho não se desviará dele” Pv 22:6 “ Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o aprendeste. E que desde a infância sabes as sagradas letras que podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Jesus Cristo.” II Tm 3:14,15

Deus abençoe cada dia as mães. Para que, compreendendo a sua missão na Terra, nunca desfaleça, nunca desista, nunca desanime, pois estará plantando uma semente, regando com amor, paciência e oração. FELIZ DIA DAS MÃES !

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

What A Beautiful Name" — Hillsong Worship - VENCEDORA DO GRAMMY 2018

Para assistir ao vídeo dê um pause no play de músicas acima
cliquue no canto inferior direito para assistie em tela chei
LETRA E TRADUÇÃO
What A Beautiful Name
You were the Word at the beginning
One With God the Lord Most High
Your hidden glory in creation
Now revealed in You Our Christ

What a beautiful Name it is, what a beautiful Name it is
The Name of Jesus Christ my King
What a beautiful Name it is, nothing compares to this
What a beautiful Name it is, the Name of Jesus

You didn't want heaven without us
So Jesus You brought heaven down
My sin was great, Your love was greater
What could separate us now

What a wonderful Name it is, what a wonderful Name it is
The Name of Jesus Christ my King
What a wonderful Name it is, nothing compares to this
What a wonderful Name it is, the Name of Jesus

Death could not hold You, the veil tore before You
You silenced the boast of sin and grave
The heavens are roaring, the praise of Your glory
For You are raised to life again

You have no rival, You have no equal
Now and forever God you reign
Yours is the Kingdom, Yours is the glory
Yours is the Name above all names

What a powerful Name it is, What a powerful Name it is
The Name of Jesus Christ my King
What a powerful Name it is, Nothing can stand against
What a powerful Name it is, The Name of Jesus
What a powerful Name it is, The Name of Jesus

Quão Lindo Nome
No princípio foste o Verbo
Um com Deus, o Senhor Altíssimo
Tua glória escondida na criação
Agora revelada em Ti, nosso Cristo

Quão lindo Nome é este, quão lindo Nome é este
O Nome de Jesus Cristo, meu Rei
Quão lindo Nome é este, nada se compara a Ele
Quão lindo Nome é este, o Nome de Jesus

Tu não querias o céu sem nós
Então, Jesus, Tu o trouxeste à Terra
Meu pecado era grande, mas Teu amor foi maior
O que poderia nos separar agora

Quão maravilhoso Nome é este, quão Maravilhoso Nome é este
O Nome de Jesus Cristo, meu Rei
Quão maravilhoso Nome é este, nada se compara a ele
Quão maravilhoso Nome é este, o Nome de Jesus
Que Maravilhoso nome é este, o Nome de Jesus

A morte não pode te deter, o se véu rasgou diante de Ti
Tu silenciaste a vanglória do pecado e do túmulo
Os céus estão rugindo, o louvor da Sua glória
Por que Ele ressuscitou

Tu não tens rival, Tu não tens igual
Agora e para sempre Deus reina
Teu é o reino, Tua é a glória
O Teu nome é acima de todo o nome

Quão poderoso nome é este, quão poderoso nome é este
O Nome de Jesus Cristo, meu Rei
Quão poderoso nome é este, Nada pode estar contra
Quão poderoso nome é este, o nome de Jesus

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

METAS PARA 2018

Sempre às vésperas de um ano novo, ouvimos alguns chavões – “Feliz Ano Novo”, “Ano novo, vida nova”, “Esqueça o passado e siga em frente”, o que passou, passou... E assim por diante. Quanta superficialidade, pois muitas das vezes falamos por falar e sem pensar.
Em Roma, na véspera de ano novo, muitos habitantes praticam um hábito bastante peculiar: jogam pela janela objetos velhos e sem uso como: rádios, vasilhas, roupas e até móveis. Em outras regiões, o ano novo é a oportunidade de passar uma demão de tinta na casa para esconder algumas manchas.
Deus tem coisas novas para nós sempre. Ele sempre nos dá a oportunidade de um novo começo. Em Jesus podemos ter vida abundante, qualidade de vida. Só depende de entregarmos tudo a Ele e decidirmos por mudanças. Se não decidirmos em romper com rancores, amarguras, tristezas, falta de perdão, rejeições, justiça própria, mau humor, vamos continuar vivendo no “ano velho” dentro do Ano Novo, sem qualidade de vida e a nossa alma adoecendo a cada dia.
VEJAMOS COMO NÃO ADOECER E TER QUALIDADE DE VIDA:
1 – FALAR DOS SENTIMENTOS Devemos procurar pessoas confiáveis e experientes na fé cristã, para falar dos nossos sentimentos. Ao longo do tempo vamos guardando muito lixo dentro de nós e precisamos desabafar colocar para fora para sermos curados. “Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e façam oração uns pelos outros, para que vocês sejam curados. A oração de uma pessoa obediente a Deus tem muito poder” (Tiago 5.16).
2 – TOMAR DECISÕES CORRETAS Uma pessoa indecisa vive ansiosa e em angústia. As indecisões acumulam problemas, preocupações e agressões. Precisamos estar centrados em Jesus, para tomarmos decisões corretas. Para decidir preciso saber renunciar, saber perder vantagens, privilégios e valores pessoais, para ganhar os valores de Deus. 
Ao homem que teme ao Senhor, ele o instruirá no caminho que deve escolher. Na prosperidade repousará a sua alma, e a sua descendência herdará a terra” 
( Salmos 25.12-13).
3 – NÃO VIVER DE APARÊNCIAS - Nada pior para a saúde que viver de aparências e fachadas, ter muito verniz e pouca raiz. Quem esconde a realidade, finge, faz pose, usa máscaras. Quer sempre passar boa impressão de que está tudo bem. Com isto está acumulando toneladas de peso, uma verdadeira estátua de bronze com pés de barro. Seu destino é farmácia ou hospital, infelizmente. “O Senhor não vê como o homem: o homem vê a aparência, mas o Senhor vê o coração".(1 Samuel 16:7)
4 - CONFIAR – TER AMIGOS - Quem não confia, não se comunica não se abre não se relaciona, não sabe fazer amizades verdadeiras. A desconfiança é falta de fé em si e em Deus. Quem não se relaciona está sempre na defensiva, se sente inferior ou melhor que todo mundo. Deus sempre tem alguém especial para colocar ao nosso lado. “Confia no Senhor e faze o bem; habita na terra e alimenta-te da verdade. Agrada-te do Senhor, e ele satisfará os desejos do teu coração” (Salmos 37.3-4).
5- NÃO VIVER TRISTE - O bom humor, a risada, o lazer e a alegria recuperam a saúde e trazem vida longa. A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive ou que está. Alegria é saúde e nos livra do médico. Jesus nos deu o maior exemplo de alegria. “Amaste a justiça e odiaste a iniquidade; por isso, Deus, o teu Deus, te ungiu com o óleo de alegria como a nenhum dos teus companheiros” (Hebreus 1.9). 
Conclusão - Estamos à beira de um novo ano. Rompa com o velho. Rompa com aquilo que desagrada a Deus. Reveja nestes dias a sua vida, suas atitudes e remova tudo aquilo que não atrai Deus para sua vida. Decida cumprir estes princípios que gerarão qualidade de vida. Jesus veio para trazer vida abundante. “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância” (João 10.10b).

domingo, 24 de dezembro de 2017

FOTOS DA CELEBRAÇÃO DE NATAL - 23/12/2017

AGRADECEMOS AOS NOSSOS AMIGOS E AMIGAS QUE COMPARECERAM À NOSSA CELEBRAÇÃO DE NATAL. LINDOS HINOS NATALINOS, POESIA, TUDO CRIANDO UM CLIMA DE GRANDE ALEGRIA.
A CHUVA NO COMEÇO AMEAÇAVA ATRAPALHAR, MAS LOGO EM SEGUIDA NOSSO DEUS AMADO NOS ABENÇOOU E ELA LOGO PAROU E TIVEMOS UMA PROGRAMAÇÃO TOTALMENTE LINDA.
AS CRIANÇAS VESTIDAS COM ROUPAS DA ÉPOCA BÍBLICA - Maria, José, os anjos, os pastores de ovelhas, os reis magos, os animais. OS JOVENS E ADULTOS ENCENARAM A PEÇA "NASCENDO DENTRO DA GENTE".
Quem não veio, realmente perdeu essa grande oportunidade, mas Deus sabe de todas as coisas, os motivos de cada um.
Ao final tivemos salgadinhos e refrigerantes oferecidos por nossa Igreja.
Muito obrigado aos atores Eduardo e Cristiane que abrilhantaram nossa representação teatral.
FELIZ NATAL , COM CRISTO NASCENDO DENTRO DE CADA CORAÇÃO, É O DESEJO DA IEC GETULÂNDIA !

sábado, 23 de dezembro de 2017

DOIS POEMAS DE NATAL


                               Para assistir ao vídeo dê um pause no play de músicas acima
cliquue no canto inferior direito para assistie em tela cheia

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Uma crítica à sociedade de consumo - "Uma noite de paz" - Grupo Fruto Sagrado

                           Para assistir ao vídeo dê um pause no play de músicas acima
                                           Uma Noite De Paz - Grupo Fruto Sagrado
Você já esqueceu do aniversário de quem você ama
Já esqueceu o nome de alguém que te ama
Mas chega o fim do ano e é tudo igual
Eu acho que vocês acham que eu sou débil-mental!
São mais de 300 dias debaixo da opressão
Medo da guerra, da bala perdida, medo do medo da solidão
Eu vejo os shoppings lotados, ruas lotadas
Avenidas decoradas por corações vazios
Feliz Natal! Pra criança deixada na rua
Noite Feliz! Praquele que não tem o que comer!
Feliz Natal! Pro pai desempregado
Noite sem paz! Praquele que a morte veio ver!
Uma noite de paz! Uma noite
Estava desconfortável, escuro e frio
O cheiro dos animais invadia o curral
Onde a virgem Maria trouxe ao mundo
O Príncipe da Paz, o único capaz
De transformar o caos em harmonia
A tempestade em calmaria
Corações sujos como aquela estrebaria
Em um lindo shopping center decorado pro Natal
Feliz Natal! O Natal que muita gente esqueceu!
Noite Feliz! Pra quem ainda não veio pra festa!
Feliz Natal! O mundo é quem ganhou o presente!
Noite sem paz!
Pra quem esqueceu daquele que nunca te esqueceu!
Feliz Natal! Deixe-o nascer em seu coração!
Noite Feliz! O passado fica pra trás!
Feliz Natal! Você é o presente de Deus!
Noite de paz! A morte morreu de medo ao ver Jesus nascer!
Uma noite de paz! Muito mais que uma noite de paz!

COMEMORAR O NATAL NÃO É UMA ATITUDE PAGÃ NEM MUNDANA

Para assistir ao vídeo dê um pause no play de músicas acima
Existem bases bíblicas para rejeitar tudo ou parte do Natal?       Qual deve ser a atitude dos cristãos neste assunto? Enquanto que  certos elementos da tradição Natalina são essencialmente pagãos, eles devem ser rejeitados (especialmente as bebidas e o consumismo), o Natal em si e muitas das tradições associadas    com ele, pode ser celebrado pelos cristãos que têm uma consciência clara.  
Alguns que são contra a comemoração do Natal, alegam que 25 de dezembro era a data de um festival no Império Romano no quarto século, quando o Natal era largamente celebrado nesse dia. Isto não prova que o Natal é pagão? Não, não o prova. Ao contrário disso,  prova que o Natal foi estabelecido como um rival da celebração do festival pagão. Isto é, o que os cristãos fizeram era como dizer, “Antes do que celebrar em imoralidade o nascimento de um falso deus que nunca nasceu realmente, e que não pode lhe salvar, celebremos com alegre justiça o nascimento de Jesus, o verdadeiro Deus encarnado que é o Salvador do mundo.” A evidência histórica nos mostra conclusivamente, que algumas festas dadas a Israel por Deus, através de Moisés, eram originalmente pagãs, os festivais agriculturais, os quais eram cheios de práticas e imagens idólatras. O que Deus fez com efeito, foi estabelecer festividades os quais tomariam o lugar dos festivais pagãos, sem adotar nada da idolatria e imoralidade associado com ela. 
Argumentos para não utilizarmos a figura do Papai Noel, leia :http://congregacionalgetulandia.blogspot.com.br/2014/12/o-verdadeiro-natal-parte-2.html
* Texto sobre o uso de símbolos natalinos, como a árvore de Natal, leia :
http://congregacionalgetulandia.blogspot.com.br/2014/12/o-verdadeiro-natal-parte-4.html

NÃO SINTA-SE CULPADO POR CELEBRAR O NATAL DO SALVADOR JESUS
* NÃO JULGUE QUEM COMEMORA ESSA DATA
           " Portanto, ninguém vos julgue pelo comer ou pelo beber ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados " (Colossenses  2.16). E vai mais além: " E quando fizerdes por palavras ou por obras fazei tudo em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai " (Cl 3.17). 
O Senhor se entristece quando os cristãos menosprezam uns aos outros por celebrarem ou não celebrarem o Natal. Isto é o orgulho espiritual. Quando achamos que de alguma forma alcançamos um plano mais alto de espiritualidade por fazermos ou não fazermos algo sobre o qual a Bíblia é silenciosa, usamos de forma errada a nossa liberdade em Cristo, criamos divisões dentro do Seu corpo e, assim, desonramos o Senhor. "Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus" (1 Coríntios 10:31).
Não julgue  - Quem és tu que julgas o servo alheio? Para o seu próprio senhor está em pé ou cai; mas estará em pé, porque o Senhor é poderoso para o suster.” (Romanos 14:4). Se você entende que é errado comemorar o Natal, simplesmente não comemore. Contudo, no momento que alguém afirma que quem comemora o Natal é um idólatra, está cometendo um julgamento, e isto é  proibido pela Bíblia. Cuidado com o fanatismo !
ESTE  É UM PERÍODO EM QUE DEVEMOS APROVEITAR AS OPORTUNIDADES PARA MOSTRARMOS AO MUNDO O VERDADEIRO SENTIDO DO NATAL
        Neste período de festas natalinas, os corações se tornam mais sensíveis,  as pessoas estão mais dispostas a ouvir acerca de Jesus, pois o espírito de Natal contagia a todos. Por isso, temos de aproveitar esta oportunidade. O apóstolo Paulo fazia isto: adaptava-se ao modo de pensar das pessoas (não contra os princípios divinos) a fim de ganhá-los para Cristo (leia atentamente 1 Coríntios 9.19-23). Cremos que podemos fazer o mesmo. Temos absoluta certeza de que se usarmos corretamente este dia, se não nos afastarmos da essência da celebração do mesmo (falar de Jesus e Sua salvação) não estaremos errando.          Não celebrar o Natal apenas pelo fato da data ter sido celebrada pelos povos pagãos não é um argumento convincente. Aqueles povos contribuíram inclusive para que surgisse a escrita e, se avaliarmos por este prisma, então teríamos de admitir que não deveríamos também escrever ou nos beneficiarmos com tantas invenções que chegaram até nós vindo daquelas antigas civilizações... O utilizar uma data para a Sua honra e glória não é uma questão moral que afete nossa espiritualidade e relacionamento com Deus. Se o fosse, o caso seria diferente. Jamais devemos nos esquecer da essência da religião: servir. Comemorar o Natal juntamente com aqueles que não conhecem a Jesus é uma grande oportunidade de colocarmos em prática o que realmente mais importa para a religião de Cristo: ajudar aos necessitados e levar-lhes o Evangelho da Salvação.

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

COMENTÁRIO da jornalista Rachel Sheherazade do SBT sobre o Verdadeiro Sentido do NATAL

                             Para assistir ao vídeo dê um pause no play de músicas acima

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

10 razões bíblicas para celebrar o Natal de Cristo

10 razões bíblicas para celebrar o Natal de Cristo

1. O glorioso Natal do Senhor Jesus foi mencionado pelos profetas do Antigo Testamento, como Isaías (7.14; 9.6), Miqueias (5.2) e outros. Por que ignoraríamos um evento tão importante, mencionado por Deus, através de seus profetas, centenas de anos antes de acontecer?


2. Quando Jesus nasceu, em Belém de Judá, um anjo de Deus, cercado do resplendor da glória do Senhor, apareceu a alguns pastores de Belém de Judá e lhes disse: "eis aqui vos trago novas de grande alegria" (Lc 2.10). O Natal de Cristo trouxe alegria ao mundo, e não tristeza! E nós, que somos salvos e conhecemos o verdadeiro significado do Natal, devemos nos alegrar ainda mais com a lembrança desse glorioso acontecimento!



3. A celebração do nascimento de Jesus é incentivada pelo Novo Testamento. Ela não foi inventada por povos pagãos que viveram antes de Cristo nem instituída pelo romanismo. Este apenas estabeleceu a data para a celebração: 25 de dezembro. Mas, em Lucas 2.13,14, vemos que uma multidão dos exércitos celestiais já havia celebrado o Natal. Na mesma noite do nascimento do Senhor, os aludidos pastores de Belém visitaram o Menino e voltaram "glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham ouvido e visto" (Lc 2.20). Cerca de dois anos após seu dia natalício, o Menino recebeu a visita de magos do Oriente, que também o adoraram e lhe ofertaram dádivas (Mt 2.1-16). 



4. Logo após o nascimento do Salvador, os numerosos anjos que celebraram o Natal disseram: "Glória a Deus nas alturas, paz na terra, boa vontade para com os homens!" (Lc 2.14). Aproveitemos, pois, a grande oportunidade de, além de glorificar a Deus pelo Natal de Cristo, também mostrar aos que estão à nossa volta que Ele veio ao mundo para trazer a paz (Jo 14.27) e o conhecimento da boa, agradável e perfeita vontade de Deus (Rm 12.1,2).



5. O Natal de Cristo é a celebração da encarnação do Verbo de Deus, que habitou entre os homens para revelar a sua glória, "como a glória do Unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade" (Jo 1.14). Se Ele não tivesse nascido, não teríamos o conhecimento do glorioso plano salvífico de Deus e estaríamos todos perdidos.



6. Ao amar o mundo de maneira indescritível, o Deus de toda a graça nos deu o seu Filho Unigênito (Jo 3.16), o qual, também por amor, morreu pelos nossos pecados (Rm 5.8). Diante desses fatos, não há necessidade de mandamento específico para celebrarmos o Natal de Cristo, pois a nossa maior motivação para fazer isso é o amor de Deus derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado (Rm 5.5).



7. Jesus veio ao mundo na "plenitude dos tempos", isto é, quando tudo estava preparado para uma propagação em massa do Evangelho (Gl 4.4). No século I, havia muitas estradas pavimentadas, conhecimentos amplos sobre navegação e uma língua falada em todo o Império Romano (o gregokoiné). Além disso, o mundo estava em paz, imposta pelo imperador: a pax romana. Hoje, nós que temos melhores recursos tecnológicos do que os primeiros cristãos, não podemos deixar de anunciar que Cristo nasceu "para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos" (v.5), e salvar "o seu povo dos seus pecados" (Mt 1.21).



8. A obra redentora de Cristo abarca a sua gloriosa encarnação, a sua morte vicária e a sua ressurreição para nossa justificação. Todos os seus feitos devem ser celebrados pela Igreja, a começar pela sua encarnação (1 Tm 3.16). Já pensou se Cristo não tivesse nascido? Ele também não teria sido crucificado. E, se Ele não tivesse morrido sacrificialmente, também não teria ressuscitado (1 Co 15.3,4). Aproveitemos, pois, esse mês de dezembro, em que o mundo fala de Natal, sem conhecer o seu real sentido, para glorificarmos a Cristo, em público, por sua obra completa.



9. Sabemos que o espírito do Anticristo e o mistério da injustiça já operam no mundo (2 Ts 2.7). E, por isso, o movimento cristofóbico e anticristão cresce, não só nos países de maioria muçulmana. No Ocidente, homens desprovidos da graça do Senhor e de seu conhecimento estão querendo apagar o nome de Jesus da face da terra. E uma das maneiras de fazer isso é, sob a égide do Estado laico, proibir a celebração do Natal de Cristo. Sendo assim, o cristão que se preza não tem receio ou vergonha de celebrar o nascimento do Salvador em público, mediante cantatas, peças e mensagens pelas quais confessa que "Jesus Cristo veio em carne", ao contrário do espírito do Anticristo, que quer negar isso a todo custo (1 Jo 4.3).



10. A mensagem do Menino Jesus é tão importante, que no último livro da Bíblia (que prioriza as coisas futuras e a consumação de tudo) ela é mencionada: "E deu à luz um filho, um varão que há de reger todas as nações com vara de ferro; e o seu filho foi arrebatado para Deus e para o seu trono" (Ap 12.5). É claro que essa passagem é simbólica, e a mãe do Menino, aqui, alude a Israel, e não a Maria. Entretanto, trata-se de mais uma referência à gloriosa encarnação do Verbo, que deve ser celebrada e proclamada por todos os cristãos da face da terra.



Se o leitor celebra o Natal de Cristo, propague essa mensagem da maneira que desejar. Compartilhe-a nas redes sociais, se quiser. Envie-a por e-mail. Insira-a em seu blog. Leia-a em algum programa de rádio ou TV. Imprima-a e a distribua pelas ruas de sua comunidade ou em sua igreja, especialmente na Escola Bíblica Dominical. 
Incentive a todos os cristãos a celebrarem o nascimento de Cristo! Ele é o protagonista do Natal!

Ciro Sanches Zibordi
Escritor e articulista. Membro da Academia Evangélica de Letras e da Casa de Letras Emílio Conde. Autor de livros em português (CPAD) e estudos bíblicos em espanhol (SETEIN). Articulista do Mensageiro da Paz e do CPAD News. Um dos pastores da Assembleia de Deus da Ilha da Conceição, em Niterói-RJ

sábado, 2 de dezembro de 2017

A FIDELIDADE DE DEUS

Ainda estamos no meio da semana e parece que você não irá suportar tantas lutas: contas para pagar, problemas no relacionamento, tentações da carne, etc. Então você se pergunta: "Deus, o Senhor não está vendo o que está acontecendo comigo? Será que o Senhor não vê que a minha vida está tão difícil?"
Muitas vezes eu também já pensei assim! Os desertos que enfrentei eram tão difíceis de suportar, que eu achava que nunca sairia deles... Mas aprendi que a fidelidade de Deus está acima de tudo e que o Seu poder opera no momento certo. Às vezes, as circunstâncias não mudavam do jeito que eu queria, porque Deus estava usando elas para mudar meu coração!
Hoje sou muito mais paciente, confiante e preparado do que antes. Aprendi que quando a nossa vida fica "bagunçada", é porque Deus está trabalhando nela, assim como nós fazemos ao arrumar um armário. Primeiro, retiramos todas as peças para fora, para depois colocá-las nos lugares corretos.
Se você entregou sua vida para Jesus e parece que tudo saiu do seu controle, creia que agora está no controle de DEUS e tudo o que você precisa fazer é se preocupar menos e confiar mais
Respire fundo quando estiver difícil e louve ao Senhor quando quiser reclamar.
Deus conhece todas as suas necessidades. E quando eu digo todas, estou falando de todas as áreas: financeira, espiritual, sexual, social e emocional. E isso é tão real que Jesus disse que o Pai sabe do que você precisa antes mesmo de você pedir a Ele!
Os seus sonhos, desejos, medos e preocupações não são nenhuma novidade para Deus, pois Ele já sabe tudo a seu respeito. Mas talvez você se pergunte: "Então pra que orar?? Porque falar algo que Deus já sabe?"
É porque Deus está esperando você Lhe pedir ajuda! Ele quer que você aprenda a depender dEle para tudo. A Bíblia diz: "Vocês não tem porque não pedem" (Tiago 4:3). Por isso continue orando, pedindo com fé e creia que Ele já está trabalhando em seu favor desde a primeira vez em que você passou a se humilhar diante dEle! (Leia Daniel 10:10-12)
Deus te abençoe.

(Pr Antônio Júnior)

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

SEMPRE HÁ UMA SAÍDA QUANDO CONFIAMOS EM DEUS

Talvez, neste exato momento, você está lendo estas palavras com o coração pesado... Você está sentindo o cansaço da batalha, das dificuldades da vida, e por isso pensa em desistir.
Sente até vontade de jogar tudo para o alto. As lutas vêm para nos desanimar, mas devemos aprender que nas piores situações, temos a escolha de reclamar ou de confiar que toda tempestade irá passar.
Se hoje está difícil para você, tenha bom ânimo e fé! Jesus está contigo e quer te dar uma paz que vai além da compreensão humana. Mesmo que você não consiga enxergar uma saída, saiba que o Senhor não te abandonou; e mesmo no meio da tempestade, Ele pode agir em seu favor. Então confie no amor dEle e na Sua fidelidade, pois o melhor ainda está por vir!
Existem momentos em que estamos tão sobrecarregados, tão desanimados ou desesperados que não sabemos como orar e nem pelo que orar. E é aí que o Espírito Santo entra! Ele toma as nossas dores para si e nos ajuda a orar. Jesus, ao falar sobre o Espírito Santo, disse que Ele é um conselheiro. Veja:
"Eu pedirei ao Pai, e ele lhes dará outro Conselheiro para estar com vocês para sempre
(João 14:16).
A palavra "conselheiro" que Jesus usou para se referir ao Espírito Santo, vem do grego 'parakletos', que significa "chamado para ajudar ao lado". Outras versões traduzem essa palavra como "intercessor", assim como está escrito em 1 João 2:1: "Se, porém, alguém pecar, temos um intercessor (parakletos) junto ao Pai".
O Espírito Santo foi enviado para nos ajudar e auxiliar em nossas orações. Ele veio para ser um intercessor e levar as nossas causas perante a Deus. Mas por quê? Porque nós nem sempre sabemos dizer as palavras certas quando oramos. Mas a boa notícia é que apenas um gemido na alma já toca o coração do Pai e às vezes um coração aflito se torna uma oração mais profunda do que qualquer palavra.
Passamos por situações nas quais sentimos uma tristeza muito grande e nessa hora só nos resta pedir a Deus que nos venha socorrer. Ele sabe do que nós realmente precisamos e podemos orar com fé, sabendo que o Espírito Santo está intercedendo em nosso favor!
(Pr. Antonio Junior)

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

ALGUMAS PRESENÇAS NEGRAS NA HISTÓRIA BÍBLICA

Para percebermos a presença negra na Bíblia devemos considerar o seu contexto, não vamos ver escrito na bíblia: pessoas pretas, negras ou africanas. Mas vamos ler os termos etíopes, egípcios, hebreus, ou outros termos tribais. Etiópia é mencionada mais de 40 vezes na Bíblia; Egito é mencionado aproximadamente 700 vezes, e África é mencionada mais do que qualquer outro continente da terra na Bíblia. Também devemos considerar que o “Oriente Médio”, incluindo a Terra Santa foi conectado ao mapa da África até 1859, quando o Canal de Suez foi concluído. Tudo isso nos mostra que a Bíblia é um livro afro-asiático e tem muitos negros e negras como protagonistas. Nesta direção, veremos pessoas negras nas histórias bíblicas e como ilustração as imagens da última série do fotógrafo James C. Lewis.

1 – A Rainha de Sabá

A primeira vez que a Bíblia menciona uma Rainha refere-se a uma mulher negra. (Gn 10: 7). A tradição etíope afirma que o nome da rainha era Makeda, mas as Escrituras se refere a ela como a Rainha de Sabá, ou a Rainha do Sul, e sua fama era tal que 2.000 anos depois, Jesus Cristo conhecia seus feitos. Jesus se referiu a ela dizendo que tinha vindo dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão. – Mt 12.42.









2 – Zípora
Zípora, uma africana, esposa de Moisés, e filha de Jetro (Êxodo 2: 21). Segundo a Bíblia, Deus permitiu que os israelitas casassem com mulheres cusitas/etíopes ( negras) Êxodo (34: 11 e 16). Há diversas passagens Bíblicas que demonstram que Deus mantinha uma relação única com os etíopes, assim como mantinha com os Israelitas: “Não me sois, vós, ó filhos de Israel, como os filhos dos etíopes?” (Amós 9:7), “Príncipes virão do Egito; a Etiópia cedo estenderá para Deus as suas mãos” (Salmo 68:31). Moisés, que escreveu os primeiros cinco livros da Bíblia, se casou com Zipora, etíope, e foi criticado por Miriã e Arão (Números 12: 1).





3 – Tamar a negra da linhagem de Cristo
Tamar aparece pela primeira vez na Bíblia depois que Judá vai para Canaã. Então Tamar, a mulher Cananeia (Negra) fica grávida de Judá, e dá à luz aos gêmeos Zerá e Perez, formando a Tribo de Judá, antepassados do rei Davi e de José e Maria, os pais terreno de Jesus. Gênesis 38.



4 – Sofonias o profeta negro
O capítulo 1 do livro de Sofonias o identifica pela sua família: “Palavra do SENHOR, que veio a Sofonias, filho de Cusi, filho de Gedalias, filho de Amarias, filho de Ezequias, nos dias de Josias, filho de Amom, rei de Judá.” Sofonias foi filho de um homem chamado Cusi; esse nome – Cush, em hebraico – significa Etiópia, e Etiópia significa “a terra do povo de rostos queimados”, ou seja: pessoas negras; baseando-se nisso, Sofonias foi um homem negro.









5 – A Rainha Candace

Corajosas guerreiras, as candaces são as rainhas mães da realeza africana na antiguidade. Em Atos 8, no Novo Testamento da Bíblia, a Rainha Candace é citada quando Filipe, o Evangelista, encontra um chefe dos tesouros de “Candace, rainha dos etíopes“, cujo nome não foi mencionado no texto. Importante esclarecer que na Antiguidade, o termo Etiópia era utilizado para denominar a região onde se situavam os povos negros do continente africano. O nome Candace foi dado a todas as rainhas da Etiópia durante o seu tempo, bem como o título de Faraó foi dado a todos os reis africanos do antigo Egito. 




6 – Simão o Negro
Os evangelhos são unânimes em afirmar que um certo Simão de Cirene ajudou Jesus a carregar a cruz, a caminho do Calvário (Mt 27.32; Mc 15.21; Lc 23. 26). Cirene fica no norte da África. Em Atos 13:1 ele reaparece como, Simeão Níger, Simão o negro, ele é um dos pastores da igreja, é o homem que impõe as mãos sobre Paulo para enviá-lo ao campo missionário. A Bíblia fala dos seus filhos e esposa como pessoas importantes na Igreja.










(fonte: Hernani Francisco da Silva - afrokut.com.br)

DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA - uma perspectiva cristã

O dia 20 de Novembro foi escolhido como uma homenagem a Zumbi dos Palmares, data na qual morreu, lutando pela liberdade do seu povo no Brasil, em 1695. Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares, foi um personagem que dedicou a sua vida lutando contra a escravatura no período do Brasil Colonial, onde os escravos começaram a ser introduzidos por volta de 1594. Um quilombo é uma região que tinha como função lutar contra as doutrinas escravistas e também de conservar elementos da cultura africana no Brasil.
Em 2003, no dia 9 de Janeiro, a lei 10.639 incluiu o Dia Nacional da Consciência Negra no calendário escolar. A mesma lei torna obrigatória o ensino sobre diversas áreas da História e cultura Afro-Brasileira. São abordados temas como a luta dos negros no Brasil, cultura negra brasileira, o negro na sociedade nacional, inserção do negro no mercado de trabalho, discriminação, identificação de etnias etc.
Como cristãos, fiéis aos valores bíblicos, seguidores de Jesus Cristo, que amou e ama a todos indistintamente e lutou sempre pela dignidade das pessoas, não podemos reproduzir e/ou perpetuar esquemas preconceituosos em nossas igrejas nem na vida em sociedade.
Entre as iniciativas para romper com esse preconceito velado sugerimos o cuidado em nossas igrejas com expressões do tipo: "ovelha negra"; "lista negra"; "a coisa ficou preta"; "amanhã é dia de branco"; "preto de alma branca"; "os negos não prestam atenção, não fazem isto ou aquilo direito"; "serviço de preto", entre outras expressões.
Qualquer pesquisa rápida na internet pode apontar o quanto essas palavras são nocivas, escondem ou revelam preconceitos em relação ao negro. Vale destacar ainda que juntamente com essa ação em relação às palavras merece atenção também o zelo pela não proliferação em âmbito comunitário de piadinhas preconceituosas sobre negro, pois, permitir sua propagação ou rir das mesmas em qualquer esfera é legitimar o preconceito.
É possível produzir estudos bíblicos sérios que evoquem o valor do negro na Bíblia, contrastando com as visões distorcidas e preconceituosas construídas historicamente. Neste sentido é possível resgatar verdades bíblicas encobertas sobre a história do negro, como por exemplo: o Egito, importante império antigo, inventor do papiro, fica no continente africano. Ou ainda, que personagens bíblicos famosos do passado como José, Moisés e o próprio Jesus  viveram um período na África - no Egito. Os evangelhos afirmam que um certo Simão de Cirene ajudou Jesus a carregar a cruz, a caminho do Calvário (Mt 27:32; Mc 15:21; Lc 23:26). Ora, Cirene fica no norte da África, ou seja, um africano teria ajudado Jesus a carregar a cruz. O eunuco, batizado por Felipe, que, por ser etíope, era também, negro
(Atos 8) lia as Escrituras em sua comitiva.  E há quem continue afirmando que foram os europeus que levaram a Bíblia para a África! Sem esquecer passagens como o versículo do livro do profeta Amós acima, que entre outras coisas, afirma o olhar especial Deus pelos negros (Etíopes/Cuxi), a semelhança dos filhos de Israel. Ações como essa ajudam no fortalecimento da autoestima do negro.
Refletindo sobre a mídia produzida em nosso país é preciso ter em mente que o negro não suporta mais o monopólio visual da mídia televisiva (novelas, etc.), impressa (revistas, jornais, etc.) e/ou virtual (internet), além de propagandas, que sempre apresentam rostos e personagens eurocêntricos (brancos, loiros, olhos claros). Vivemos num país mestiço, em que o negro representa parte significativa da nação, nada mais natural que tais meios reproduzam essa realidade. De igual modo as Igrejas Cristãs, comprometidas com os valores do reino de Deus, devem ter cuidado em suas produções publicitárias e incluir o negro,
para não reproduzir a discriminação maligna que impera em nossa nação.
Concluindo, toda e qualquer forma de preconceito fere os ouvidos, os olhos e o coração de Deus e deve ferir também nossos ouvidos, olhos e coração como cristãos. Assim como Igreja de Cristo, portadora da maravilhosa mensagem de "boas novas do evangelho" trabalhemos para a construção de comunidades cristãs inclusivas e uma sociedade em que reine o amor, a justiça e a dignidade humana.

- adaptado de www.metodista.org.br/mes-da-consciencia-negra#sthash.TqvWvG8C.dpuf

sábado, 18 de novembro de 2017

O SEU CHORO SE TRANSFORMARÁ EM ALEGRIA !

Deus tem prazer em consolar os que choram. Ele não se alegra em ver Seus filhos sofrerem, mas sabe que muitas vezes a dor é necessária para que busquem a Sua presença e conheçam o verdadeiro consolo.
Certamente todos nós já choramos por algo nesta vida. Pois o choro não é um sentimento neutro, mas uma expressão emocional que se evidencia pelo derramamento de lágrimas e é motivada por alguma coisa ou acontecimento. Muitos são os motivos pelos quais já choramos. Podemos ter chorado de tristeza com a morte de um ente querido, com uma despedida de alguém que amamos para um lugar distante, com nossos problemas (desemprego, doenças), solidão, saudade e muitas outras coisas que nos entristecem. Também podemos ter chorado de alegria, talvez com o nascimento de uma criança, uma festa de aniversário, uma formatura, um casamento e outras coisas mais. A Bíblia diz que o
próprio Senhor Jesus Cristo chorou: diante do túmulo do seu amigo Lázaro (João 11:35); diante da cidade de Jerusalém por causa do sofrimento que viria sobre ela por tê-lo rejeitado (Lucas 19:41-44). Paulo exorta os cristãos a chorar com os que choram, manifestando assim o amor fraternal (Romanos 12:15). 
Se quisermos desfrutar da vida abundante que Deus tem para nós, precisamos morrer para nós mesmos (Mateus 16:24,25). Ou seja, devemos abandonar o pecado, o orgulho, nossas vontades egoístas e deixarmos que Ele controle a nossa vida. Não é fácil, mas quando fazemos isso, algo maravilhoso acontece!
Quando entregamos nossas vidas para Jesus, muita das vezes choramos bastante porque nos sentimos completamente incapazes de nos salvar a nós mesmos. Clamamos a JESUS por socorro e no mesmo instante, Ele vem morar em nós através do Espírito Santo e o nosso choro se transforma numa grande alegria! Sentimos uma paz como nunca havíamos sentido em toda a nossa vida. 
Os que choram por seus pecados são consolados por Deus com o perdão dos pecados em Cristo. Depois do choro, o consolo; em outras palavras: a tristeza motivada pelo pecado que vem acompanhada da confissão é seguida pelo perdão que o Pai graciosamente concede ao pecador arrependido, mediante seu Filho Amado em quem temos a remissão dos pecados.
Na eternidade estaremos para sempre com o Senhor. Não haverá mais necessidade de chorarmos pelo pecado porque este não mais existirá. Também as aflições do tempo presente, que nem se comparam com a glória porvir, se acabarão. Só haverá alegria, paz e eterno consolo para o povo de Deus.
O próprio Jesus disse que, bem-aventurados são aqueles que choram por reconhecer que não merecem nenhum favor do Céu. Então eles serão consolados com a presença maravilhosa de Deus. Faça isso hoje e a sua vida nunca mais será a mesma!

(adapt. Pr. Antonio Junior / sermão.com.br)

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

10 RAZÕES PARA NÃO CONSUMIR BEBIDAS ALCOÓLICAS

1-Doenças: O consumo do álcool está ligada a diversas doenças, como hepatite alcoólica cirrose, gastrite, pancreatite, perda de sensibilidade no corpo, alteração dos reflexos, câncer, miocardiopatia alcoólica (doença cardíaca causada pelo álcool), entre outras.
2-Dependência: Com o consumo constante de bebidas alcoólicas o organismo passa a necessitar de quantias cada vez maiores de álcool, podendo levar a pessoa a perder o controle e ter compulsão à bebida, características do alcoolismo. 
3-Consciência: A bebida faz com que o indivíduo tenha a perda de consciência pessoal. Quem exagera no consumo, muitas vezes, não lembra do que fez ou o que falou.
4-Família: Quem bebe demais perde o respeito e a autoridade familiar com os filhos. Além disso, está comprovado que as famílias que bebem influenciam os adolescentes a beber.
5-Outras drogas: Na maioria dos casos de dependentes químicos, o álcool foi a porta de entrada para as outras substâncias.
6-Volante: Com a Lei Seca, quem é flagrado dirigindo alcoolizado é penalizado. Mesmo que não seja pego em uma blitz, quem bebe e dirige corre o risco de morrer ou matar outras pessoas por falta de reflexo na direção.
7-Efeitos colaterais: Dor de cabeça, enjoo, olheiras e mal estar. Estes são alguns dos sintomas de quem exagera no consumo de bebidas alcoólicas e no dia seguinte acorda com ressaca.
8-Boa forma: Beber bebida alcoólica no fim de semana, após passar a semana tendo hábitos saudáveis, com alimentação balanceada e exercícios físicos, é jogar um balde de água fria em todo seu esforço. A bebida tem muitas calorias.
9-Desidratação: Um dos efeitos colaterais da bebida alcoólica é o efeito diurético. O corpo vai precisar de mais água para filtrar o álcool no organismo e como nem todos lembram de se hidratar corretamente. Com isso, a água será retirada da constituição do organismo, causando desidratação.
10 - COMO CRISTÃOS: Jesus Cristo nos libertou de quaisquer imposições que a sociedade, a carne ou o diabo possam colocar sobre nós. A liberdade que Cristo nos dá é suficiente para que tenhamos plenas condições de dizer “não” a qualquer coisa que achar inconveniente. 
Se como cristãos, nos deixarmos levar pelo hábito da bebida, ainda que pouca, que exemplo estaremos dando aos mais jovens ou as pessoas de nossa comunidade? 
Se eles virem uma pessoa que se diz cristã bebendo, será que entendem a forma correta de usar a bebida ou entendem de uma forma negativa o meu ato? 
Com nosso testemunho estamos levando mal ou bem para a vida das pessoas, baseado na forma como a nossa cultura entende a bebida na vida do crente fiel?