Louvores ao Senhor

Free Jesus Cursors at www.totallyfreecursors.com

sábado, 30 de janeiro de 2016

FILME CORAÇÃO À PROVA - (pause o play de músicas acima para assistir o vídeo. Clique no canto inferior direito para vê-lo em tela cheia)

Filme cristão brasileiro  - Media Metragem 31 minutos - ganhador de 5 prêmios no VI Festicurtas. Coração à Prova é um filme sobre fé e perdão.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

FILME QUARTO DE GUERRA - Lições sobre ORAÇÃO para nossas vidas (dê um pause no play de músicas acima. clique no canto direito do vídeo para assisti-lo em tela cheia)

Lançado no Brasil em dezembro de 2015, o filme “Quarto de Guerra” já está impactando os espectadores nos EUA .
Dos mesmos produtores de "Desafiando Gigantes" e "À Prova de Fogo", o filme traz em seu roteiro, a história de uma família, na qual o casal (Tony e Elizabeth) lida com diversos problemas de relacionamento e isto também acaba afetando a vida de sua única filha.
Corretora de imóveis, Elizabeth já estava sem esperanças de restaurar suas relações familiares, quando conhece sua nova cliente (Senhorita Clara), que está colocando a casa à venda. Já idosa, Clara acaba chamando a atenção da corretora quando apresenta um cômodo um tanto 'inusitado' de seu lar: o "Quarto de Guerra" - local onde se recolhe diariamente para orar.
Repercussão
O drama cristão "War Room" - produzido pelos cineastas Alex e Stephen Kendrick - arrecadou mais de 11 milhões de dólares somente em seu primeiro final de semana de lançamento. O filme está em cartaz em 1.135 cinemas dos Estados Unidos e já alcançou segundo lugar no ranking de bilheterias dos EUA.
Seu enredo dramático e divertido tem cativado a atenção de cristãos de diversas denominações e até mesmo de pessoas que dizem não professar a fé cristã. No filme, Tony e Elizabeth vivem um duelo conjugal interminável, até que a senhora Clara, uma nova cliente de Elizabeth, a desafia a guerrear pela sua família. Por meio da oração, ela permite que Deus batalhe por seu lar. Enquanto ela inicia seu quarto de guerra, Tony vivencia lutas internas, confirmando o que diz a senhora Clara, que as vitórias não se conquistam ao acaso.

domingo, 24 de janeiro de 2016

DESTINO EXISTE? POSSO ESCOLHER MUDAR OU NÃO TEM JEITO?

SORTE OU DESTINO
O que Bíblia diz sobre sorte ou destino?
A Bíblia ensina que o homem foi criado com a capacidade de fazer escolhas morais e que ele é responsável por essas escolhas. Pecamos porque escolhemos pecar. Não podemos culpar a “sorte”, a predestinação ou Deus. Tiago 1:13-14 diz: “Quando alguém for tentado, não diga: “Esta tentação vem de Deus.” Pois Deus não pode ser tentado pelo mal e ele mesmo não tenta ninguém. Mas as pessoas são tentadas quando são atraídas e enganadas pelos seus próprios maus desejos.”. 
Para evitar uma ideia errônea, não somos os soberanos mestres de nossa sorte. Só Deus é soberano! 
O Seu controle soberano é chamado “providência”. Ele escolheu dar-nos o livre arbítrio e criou um universo moral, no qual a lei da causa e efeito é uma realidade. Mas Deus é o único Deus e não há “acidentes” no universo.
Um Deus Onisciente, Todo-Poderoso deve ter um plano, de modo que não deve ser surpresa que a Bíblia fale de um plano divino. A providência de Deus age no sentido de realizar o Seu plano original para a criação.
Deus fala em Isaías 48:3: “ Com as minhas mãos, coloquei a terra no seu lugar e estendi o céu. Dei uma ordem, e eles começaram a existir.” O que Deus anuncia, Ele faz e tudo pode anunciar com séculos de antecedência. Lutar contra o plano de Deus é inútil: “Não há sabedoria, nem inteligência, nem conselho contra o SENHOR”. (Provérbio 21:30). Esta foi a razão porque a Torre de Babel jamais foi completada (Gênesis 11:1-9); porque os que perseguiam Daniel foram atirados aos leões (Daniel 6:24); porque Jonas ficou um tempo no ventre de um peixe (Jonas 1:17) .
Em Atos 9:5, Jesus aparece a Saulo de Tarso com uma declaração interessante: “E ele disse: Quem és, Senhor? E disse o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhões”. Obviamente, Jesus tinha um plano para Saulo, contra o qual Saulo havia resistido (penosamente). Exercer nossa liberdade contra o plano de Deus pode ser penoso.
Mais tarde, Jesus disse a Saulo que um homem chamado Ananias iria visitá-lo, quando, então, Jesus disse a Ananias: “E o Senhor lhe disse: — Apronte-se, e vá até a casa de Judas, na rua Direita, e procure um homem chamado Saulo, da cidade de Tarso. Ele está orando e teve uma visão. Nela apareceu um homem chamado Ananias, que entrou e pôs as mãos sobre ele a fim de que ele pudesse ver de novo.” (versos 11,12). Obviamente, Jesus tinha um plano também para Ananias. Ora, Ananias não queria visitar Saulo (versos 13-14). Ele poderia ter agido como Jonas, tomando outro caminho. Se tivesse sido esta a sua escolha, Deus teria um “peixe” preparado para trazê-lo de volta. Ananias obedeceu (verso 17). Exercer nossa liberdade para seguir o plano de Deus traz bênção.

Em suma, a Bíblia ensina que Deus está no controle. Ao mesmo tempo, Ele nos deu liberdade para obedecê-Lo ou desobedecê-Lo. Na Palavra de Deus, Jesus diz que há duas escolhas para o homem (Mateus 7:13, 14) e nos fala de duas portas e dois caminhos: a porta estreita e a larga, o caminho espaçoso e o apertado. Jesus diz que a escolha errada leva à perdição “porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição”. É importante entendermos que em alguns casos, ou na maioria deles, as escolhas erradas não trazem morte física imediatamente, mas sim, longos momentos de dor e sofrimento pelo sentimento de culpa. Às vezes, o homem pode pegar um caminho sem volta, como o das drogas, por exemplo. Peça orientação a Deus para poder fazer as escolhas certas, até mesmo as pessoas com quem se relaciona.
Hoje invoco o céu e a terra como testemunhas contra ti, de que apresentei claramente diante de ti os caminhos da vida e da morte; a bênção e a maldição. Escolhe, pois, o caminho da vida, para que viva plenamente, tu e tua descendência. “ (Deuteronômio 30:19)

(adaptado de solascriptura-tt.org)

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

O TABERNÁCULO - estudo completo e vídeos

O TABERNÁCULO 


Há milhares de anos, Deus ordenou a Moisés: “Faça-me um Tabernáculo, para que eu habite no meio deles”. E a Glória de Deus descia, como diz a Palavra e Israel via a nuvem de dia e o fogo à noite. O Tabernáculo foi uma estrutura física construída pelo povo de Israel, sob a supervisão de Moisés, cerca 1450 a.C. O lay-out do Tabernáculo e os materiais de sua construção foram especificados detalhadamente a Moisés por Deus no Monte Sinai, e isto algumas semanas depois do povo de Israel ter saído do Egito (o Êxodo). O Tabernáculo era uma construção portátil, feita por mãos hábeis e transportado por uma tribo (Os Levitas) através dos 40 anos de peregrinação no deserto.
Deus começa a dizer a Moisés que materiais ele quer para a construção do Tabernáculo,  e cada coisa que Deus dá a Moisés é sombra das coisas celestiais.  A Bíblia diz:  Os quais servem de figura e sombra das coisas celestiais conforme se advertiu a Moisés quando ia erigir o Tabernáculo dizendo-lhe: Olha, fazei tudo conforme o modelo que no monte se te mostrou”. Hebreus 8.5.

Enquanto vemos esta lista das coisas que Deus ordenou a Moisés, vemos que todas elas estavam relacionadas a Jesus.  A Bíblia é a revelação de uma pessoa: Jesus, o Filho de Deus, de Gênesis a Apocalipse. Deus dá a ordem a Moisés: “Trazei estes materiais, e com eles, fazei-me um santuário”. Todas estas coisas são uma sombra do que há de vir; são simbólicas do Senhor e sobre quem Ele é.  Deus mandou Moisés construir o Tabernáculo para aprendermos como entrar na presença de Deus. Alguns materiais usados e seus significados:
·         O Ouro = Ele é Divino.
·         A Prata –  Ele é Redentor.
·         O Bronze = Ele veio e sofreu.
·         O Azul = Jesus, o Filho de Deus.
·         A Púrpura = Jesus, o Rei.
·         A Escarlate = Jesus, o Salvador.
·         O Linho Fino = Jesus, o Homem Perfeito.
AS COBERTAS DA TENDA
·         Linho entrelaçado – e mais interior, aponta para a beleza e ministério de Cristo.
·         Pelo de cabra – Jesus, o Profeta.
·         Pele de carneiro tingida de vermelho: o sangue do Cordeiro derramado.
·      Peles de animais marinhos, simbolizam a ausência de beleza. Isaías capítulo 53 diz que quando Jesus galgava à cruz, não havia beleza para que pudéssemos desejá-lo.
O PORTÃO
Na única PORTA de Entrada vemos as quatro cores, todas simbólicas de Jesus. Esta entrada é chamada “O Caminho”. Isto te lembra alguma coisa? Claro que sim! Jesus chamou-se a Si mesmo de “O Caminho” (João 14:6). E, quando o Senhor disse, “Eu sou o Caminho”, os judeus imediatamente entenderam o que Ele quis dizer. Que era o caminho à presença do Todo-Poderoso.
Além da entrada, há uma cerca de linho branco que fala da perfeição do Filho de Deus, o homem Cristo Jesus. A Madeira usada - A Acácia era a única Madeira encontrada nos desertos do Oriente, os desertos da Arábia, e ela nos fala da perfeição do filho do Deus Vivo, cujo o corpo não conheceu corrupção.
No Pátio ou Átrio havia 2 móveis:
O ALTAR DE HOLOCAUSTOS ou DE SACRIFÍCIOS
O que acontecia aqui neste Altar era o sacrifício de animais, onde o sangue era derramado em favor do pecador que confessava suas iniquidades. Não se pode entrar no Lugar Santo sem antes experimentar e compreender o poder do sangue remidor de Jesus.  Efésios 1:7 diz que o sangue de Jesus nos dá perdão. I João 1:7 diz que o sangue de Jesus nos limpa. Romanos 5:9 diz que o sangue de Jesus nos justifica.

A PIA DE BRONZE
Símbolo da Palavra do Deus Vivo, a Palavra que nos dá poder, nos renova e nos preenche com a mesma presença do Deus Todo-Poderoso. O que Ele dizia? Que uma vez passado do Altar de Holocaustos, o que se tem a fazer é lavar as mãos e os pés. Por que também os pés? Porque o sacerdote no Antigo Testamento vestia uma roupa bonita, mas não podia usar calçados, para lembrar-lhe que ainda tocava o pó, a terra. Você e eu somos lavados pelo Sangue do Cordeiro, mas enquanto caminhamos por esta Terra, ainda estamos em contato com o mundo e é por isso que precisamos da Palavra de Deus para limpar-nos e lavar-nos a cada dia. Os santos da Velha Aliança tinham que lavar as mãos e os pés nesta Pia. Mãos simbolizam as obras; Pés, o caminhar.
Deus disse a Moisés que esta Pia de bronze deveria ser feita dos espelhos das mulheres, porque ao lermos a Palavra de Deus ela nos revela quem somos nós. E, uma vez que esta Palavra te preenche e começa a afetar a sua vida, algo acontece no seu interior.  Agora a verdade chega. Preste atenção: A verdade chega e o resultado desta verdade na sua vida é que ela o habilita para passar do Átrio para o Lugar Santo. E, ao vermos esta porta do Lugar Santo, ela não era chamada somente de “A Porta”, mas também de “A Verdade”. 

O LUGAR SANTO – contendo 3 móveis
                                                                                    O Candelabro
A única fonte de luz da Tenda . Jesus disse “ Eu sou a Luz do mundo “ (João 8:12).  O azeite que fazia o candelabro brilhar continuamente aponta para a unção do Espirito Santo sobre nossas vidas.                        
A Mesa dos Pães da Proposição
12 pães simbolizando as 12 Tribos de Israel e Jesus como o “Pão vivo que desceu do céu” (João 6:51) Esta mesa dos pães sem fermento nos fala de satisfação, ”…minha alma está satisfeita. Já não tenho fome, Senhor”. Nos fala também da Bíblia, a Palavra de Deus - Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus.” (Mateus 4:4)
O Altar de incenso - Deus ordenou a Moisés que este Altar de incenso deveria estar permanentemente aceso para Ele; A obra de Jesus, como nosso intercessor continua nos dias de hoje -  " Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles.“ (Hebreus 7:25. A fumaça aromática que subia representa o poder da intercessão , a oração dos servos de Deus - " E, havendo tomado o livro, os quatro animais e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo todos eles harpas e salvas de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos.“ (Apocalipse 5:8).
O SANTO DOS SANTOS ou SANTÍSSIMO LUGAR
Um pequeno cômodo de 5 x 5 metros, separado do Lugar Santo pelo Véu. Ali havia uma única peça de mobília – a Arca da Aliança. 

A Arca da Aliança - Era um pequeno baú feito de madeira de acácia revestida de ouro e com uma tampa. O Propiciatório era a tampa ou a cobertura de ouro sólido, com o mesmo tamanho da tampa Arca (1,15 cm x 67 cm) . O Propiciatório era o lugar onde o sangue era aspergido. Acima do Propiciatório, eram vistos dois querubins de ouro batido um em frente do outro.  As suas asas se estendiam sobre a tampa de ouro e as suas faces estavam constantemente olhando para baixo. Eles representavam a presença e santidade do Senhor e são seus instrumentos escolhidos de juízo, para qualquer presença pecadora diante do Senhor, e quando olhavam para o sangue, a ira de Deus era aplacada. Representa a manifestação da presença de Deus


O VÉU DO TABERNÁCULO
(Êxodo 26:31–37)
O Véu ou Cortina, dividia o Lugar Santo do Santo dos Santos.  O Véu era tão espesso e tão fortemente costurado que precisaria 10 homens para poder rasgá-lo. Deus mandou fazer Véu de Estofo Azul, púrpura, carmesim e linho fino retorcido com querubins bordados.
A passagem por este Véu era proibida . Somente o Sumo Sacerdote tinha permissão para entrar uma única vez ao ano, no dia da expiação.
Simboliza a separação entre os homens e Deus, que foi eliminada com a morte de Jesus Cristo na cruz, que abriu o caminho e nos reconciliou com o Pai Celestial.E Jesus, dando um grande brado, expirou. E o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo .” (Marcos 15:37,38)

(adaptado de faladeus.wordpress.com)
Obs: Pause o play de músicas acima para assistir os vídeos. 
Réplica do Tabernáculo construído no Deserto em Israel - filmagem de Sérgio Jesseni
O Tabernáculo Peça a Peça - com música Tua Unção, do Ministério de Louvor da Igreja Batista Nova Jerusalém 

Quero sempre estar diante de ti, no teu altar
Pronto pra sentir e receber o teu poder
Além do véu eu quero estar, vem fluir a tua unção
E transbordar meu coração, quero pronto estar
Pra seguir e conquistar
Renova a unção sobre mim
Para profetizar e pregar a libertação
E o teu poder pra curar, as cadeias quebrar
Com o agir e fluir desta unção
Uma só palavra que Deus mandar,
Vai fazer a minha vida mudar,
Em meio as lutas eu vou triunfar,
Pois eu sei que é só em ti confiar,
Se o inimigo quiser me combater,
Não há nada que me faça temer,
Não importa o que enfrentarei,
Com a unção imbatível serei.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

A INVERSÃO DE VALORES NO MUNDO DE HOJE

A inversão de valores é uma transformação ao ponto das pessoas não saberem discernir o que é certo ou errado, positivo ou negativo, moral ou imoral. 
O renomado jurista e escritor Rui Barbosa disse muito bem:
De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto”.
Veja o que diz a Bíblia sobre esse tema:
"Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem, mal; que fazem da escuridade luz e da luz, escuridade; põem o amargo por doce e o doce por amargo!" (Isaías 5.20).
O Senhor é justo no meio dela; ele não comete iniquidade; cada manhã traz o seu juízo à luz; nunca falta; mas o perverso não conhece a vergonha”. (Sofonias 3.5)
Atualmente o bem e o mal dependem de um ponto de vista, mas para Deus não. O padrão de medida de bem/mal, certo/errado para os cristãos é a Bíblia, a Palavra de Deus. Para os que amam e servem a Deus plenamente, a verdade contida na Palavra de Deus é imutável, absoluta e insubstituível.
Deus nos chama a sermos justos e corretos, assim como Ele é.
Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver; porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo”. (1 Pedro 1.15-16)
Ética vem do grego “ethos” que significa modo de ser, e Moral tem sua origem no latim, que vem de “mores”, significando costumes. 
Ética é a forma que o homem deve se comportar no seu meio social.
Moral é "um conjunto de normas que regulam o comportamento do homem em sociedade", e estas normas são adquiridas pela educação, pela tradição e pelo cotidiano. 
Somente deveis portar-vos dignamente conforme o evangelho de Cristo, para que, quer vá e vos veja, quer esteja ausente, ouça acerca de vós que estais num mesmo espírito, combatendo juntamente com o mesmo ânimo pela fé do evangelho”. (Filipenses 1.27)
Vivemos num mundo materialista, individualista em que as pessoas buscam mais dar atenção aos seus prazeres pessoais em detrimento do próximo e suas necessidades. Cabe a nós, como cristãos, não nos deixarmos levar por essa maneira de viver egoísta, mas sim procurarmos agir pensando não somente em nós mesmos, nosso bem estar pessoal, mas também no do outro, começando por nossa família, nossos irmãos em Cristo, nossa comunidade e nosso país.Sim, haverá um juízo de Deus contra todo esse modo de viver errado que a humanidade tem escolhido. Enquanto esse juízo não chega, cabe a nós não ficarmos de braços cruzados, mas fazermos nossa parte.  Ainda que todos pensem e ajam de um jeito, foi para fazermos a diferença que fomos chamados por Deus !

(Adapt. de Prof. Dc João Paulo Cruz - portadesiao.)

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

CASAMENTO, DIVÓRCIO E FILHOS

Quais os primeiros sintomas comuns de uma crise no casamento?
1. Ausência de diálogo, silêncio
2. Constantes discussões
3. Cobrar demais e apontar erros
4. Desprazer da vida sexual

Dizem que a primeira crise séria do casamento vem depois do nascimento dos filhos, você concorda?
Não. Na maioria das vezes a gravidez já é uma tentativa de chamar atenção e solucionar a crise.
Por que o nascimento dos filhos quase sempre traz uma mudança negativa para a vida do casal?
A mulher passa dar quase toda a atenção ao filho; toda mulher é preocupada por natureza. Além disso, a criança exige muito tempo e trabalho. Ainda tem os 40 dias de resguardo. Logo, o marido perde a atenção principal da mulher, não faz sexo por causa do resguardo e o cansaço da mulher e a constante preocupação da mulher com a criança, irritam o marido.
Por que ficar alerta diante das crises conjugais?
O Titanic afundou por várias razões. No entanto, a principal foi que seu capitão não ouviu os seis sinais de alerta que diziam que as águas ao norte estavam geladas e que havia icebergs na região.
Ele teimosamente não mudou o rumo para o sul, nem diminuiu a velocidade.
A vida emite sinais de alerta o tempo todo: Ultrapassar o limite do cartão de crédito ou usar o cheque especial - sinal de endividamento; o carro que não pega pela manhã e precisa ser empurrado - sinal de que ele vai nos deixar no meio da estrada. A febre - nos diz que temos uma infecção; a dor - nos avisa que alguma coisa está errada com o corpo.
A crise no casamento é até certo ponto benéfica. Ela nos avisa que algo está errado e que o rumo precisa ser corrigido. Quem dá atenção aos sinais e corrige a trajetória, viverá feliz para sempre. O casamento acaba por causa da teimosia em fazer as coisas do mesmo jeito, não mudar o rumo. Não podemos fazer sempre a mesma coisa e esperar resultado diferente.
Em meio à crise, quais as opções práticas para tentar amenizar os problemas?
A maioria dos brasileiros não sabe conversar sem agredir. O casamento que sobrevive à crise é aquele que não briga um com o outro, mas agride o problema. A família perfeita não é aquela que não tem problemas, mas aquela que aprende a resolver os problemas.
Nunca diga: ''Você me magoou!'' Diga, ''estou magoado'', assim dá para iniciar o diálogo e solucionar a questão.
Quem deve tomar a primeira atitude?
Melhor nunca magoar, pois o marido-esposa magoado(a) é mais difícil de conquistar do que uma fortaleza. Geralmente quem toma a iniciativa é o mais humilde. Mas quando somente um toma a iniciativa da reconciliação, o outro vai cansando e acaba por deixar pra lá. Os problemas vão se represando e acabam por virar uma barragem para que o rio do amor possa correr livremente, regando a terra do coração.
Alguns conselhos que todo casal deve adotar para ter uma vida conjugal saudável.
1. Nunca se endividem.Procurem juntos fazer um orçamento familiar que esteja dentro da realidade.
2. Não deixem acabar o diálogo. No namoro, o casal conversa horas no portão ou pelo telefone. Não responda com monossílabos - sim! Não! Tô! Ta! Vou! É!
3. Não deixem acabar o romantismo. Não basta acender a fogueira, tem que colocar lenha para o fogo continuar a arder.
4. Não esqueçam as datas especiais. todo mundo gosta de ser lembrado e valorizado
5. Não cansem de dizer; ''Eu te Amo!'
6. Tenham uma vida sexual ativa.
7. Tem que ficar claro que a esposa/marido e os filhos estão em primeiro lugar.
8. Aprenda a perdoar. Não exija a perfeição que você não tem.
9. Não trabalhem demais. Tire, pelo menos, um dia por semana. Faça ''breaks'' de três em três meses. Tire férias junto com a família, passeiem , divirtam-se.
10. Cultivem a espiritualidade. chame sempre Deus para seu casamento e na tomada de decisões.
Quando o divorcio é inevitável ?
Ninguém pode casar já pensando no divórcio. Que assim faz, terá grande possibilidade de divorciar-se.
A meta do relacionamento nunca foi e nunca será a destruição ou extinção da família, mas o saneamento e a purificação das relações que existem entre os seres humanos. As oportunidades aparecem quando os obstáculos são superados; problemas são eliminados abrindo caminhos para o entendimento, a maturidade e o crescimento. O relacionamento deve evoluir e transformar-se, e não deteriorar-se. Tudo isso para você poder viver plena e abundantemente a experiência do amor. O amor atravessa barreiras, une extremos e transforma tudo por onde passa; guiado por ele, você supera dificuldades, vence limitações, ultrapassa conflitos e alcança aquilo que julgava impossível.
O divórcio só pode acontecer quando todas as possibilidades de reconciliação acabaram ou em casos extremos onde a agressão, a falta de respeito, a infidelidade, o medo, a desonestidade, o vicio, imperam.
Caso haja o divórcio, como lidar com os filhos?
No divórcio não há vencedores, somente perdedores. Os filhos são os maiores perdedores.
1. Não falem mal um do outro para os filhos. Não procure justificar denegrindo o outro.
2. Sejam sinceros, enalteçam as qualidades um do outro para os filhos. Eles precisam tanto de você como do outro.
3. Evitem brigas com seu ex.
4. Não tentem "comprar" os filhos com presentes, o que eles precisam é de sua presença.
5. Assumam as conseqüências do seu divórcio, ou seja, assumam sua parcela de culpa.
Quais os fatores fundamentais para o sucesso de um casamento?
Um relacionamento que dá certo é um edifício que tem que ser construído todos os dias. Quem age motivado pela ira, mentira, amargura, irritabilidade e infidelidade, jamais é feliz. É a paz que alicerça o amor, e não a ira. É a verdade que promove a confiança, e não a mentira. É o perdão que traz a reconciliação, e não a amargura. É a sensibilidade que permite o diálogo, e não a irritabilidade. É a fidelidade que garante que o relacionamento será capaz de durar até a morte, e não a infidelidade. Esquecer estas verdades é um convite ao desastre.
Em quais casos um terapeuta de casais pode ajudar a melhorar o relacionamento?
O terapeuta pode ajudar em todos os casos. Um olhar do outro que está de fora pode ser uma luz, se um pastor, um amigo experiente podem ajudar, ainda mais um profissional que lida sempre com essas situações. Mesmo quando a separação é inevitável, ele pode ajudar a lidar com a mágoa, a perdoar, a continuar vivendo. Quem não aprende a lidar com a dor continuará a construir relacionamentos doentios. Não se pode construir um novo relacionamento deixando assuntos inacabados no passado.
 Adaptado do Autor: Silmar Coelho - pastor; doutor em teologia e liderança pela Universidade Oral Roberts, EUA; empresário; terapeuta; conferencista internacional; e escritor de 20 livros, entre eles: ''Jamais desista'', Editora Vida e ''Transformando lágrimas em vinho'', Editora MK

domingo, 10 de janeiro de 2016

QUEM CONHECEU A VERDADE DEVE TER CUIDADO PARA NÃO OLHAR PARA TRÁS


Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão”. (Gálatas 5.1)
O apóstolo Paulo nos revela que o mesmo jugo de escravidão que nos oprimiu um dia, tentará pesar sobre nossos ombros novamente.
Precisamos entender que o fascínio do mundo e os pecados que nos acorrentaram um dia, ainda são um perigo para nós depois da conversão. Se não quebrarmos os vínculos com o passado, podemos nos ver presos de novo. Assim como a mulher de Ló foi roubada de sua vida tornando-se uma estátua de sal, podemos também perder a vida de Deus em nós pelo fato de olhar para trás.
É por isso que nossa primeira mensagem deve ser sempre o arrependimento. Esta era a mensagem de Jesus (Mc 1.15). Era a mensagem que ele deu aos apóstolos (Lc 24.47). É um dos rudimentos da doutrina de Cristo (Hb 6.1,2). Quando mostramos a alguém que ele é um pecador, qual sua condição em consequência disto, bem como o preço colhido do pecado, estamos levando-o a uma possível quebra de vínculos com seu passado.Sem um profundo arrependimento e dor pelo pecado, o cristão pode ter saudades daquilo que deixou e olhar para trás.
Existem dois tipos distintos de afastados. 
Há aquele tipo de pessoa que vira as costas para Jesus e a Igreja e volta para o mundo:
“…Demas me abandonou, tendo amado o mundo presente, e foi para Tessalônica…” 
(2 Timóteo 4.10)
E também há aquele tipo de afastado que se desvia só em seu coração, embora continue fisicamente no caminho. Gente que sente saudades das coisas que praticavam antes de abraçarem a fé em Jesus. Eles não se lembram que antes eram escravos, que sofriam, que era um tempo difícil e de perseguição. Agem como o povo de Israel após ter sido liberto da escravidão do Egito, mas que passou a reclamar e sentir saudades de coisas que tinham lá. (Atos 7:38-41)
O Senhor Jesus instituiu a Ceia da Aliança com o propósito de nos manter conscientes da sua morte e redenção por nós (1 Co 11.24,25). Isto nos faz perceber que devemos alimentar a gratidão e o compromisso através da lembrança do que foi feito por nós.
Esquecer-se do que éramos e do Cristo fez por nós é pura ingratidão. Pedro se refere de forma negativa àqueles que se esqueceram da purificação de seus pecados de outrora:
mas aquele em quem não há estas coisas, é cego, vendo só o que está perto, porque se tem esquecido da purificação dos seus pecados antigos”. (2 Pedro 1.9)
Para olhar para trás é preciso se esquecer do que éramos e do preço que foi pago. Portanto, uma boa forma de nos guardar é manter o nosso coração consciente destes fatos em todo o tempo. Assim, não mais olharemos atrás e nos conservaremos firmes em nossa fé.
VOTO DE COMPROMISSO
Acredito que em nosso coração devemos firmar um compromisso formal com Cristo de não deixá-lo jamais. Ele prometeu que estaria conosco todos os dias (Mt 28.18). Também prometeu não nos abandonar: “…porque ele tem dito: De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei”. (Hebreus 13.5)
Se Deus prometeu não nos abandonar, porque nós não deveríamos fazer o mesmo?
(adapt. orvalho.com - Luciano Subirá)

sábado, 9 de janeiro de 2016

ORE PELOS CRISTÃOS PERSEGUIDOS NA COREIA DO NORTE


A Coreia do Norte afirmou ter feito um teste bem-sucedido com uma miniatura de bomba de hidrogênio nesta quarta-feira (6/1). Foi o quarto teste com arma nuclear feito pelo país e teria sido o primeiro usando uma bomba de hidrogênio, que pode ser até 50 vezes mais potente que a bomba atômica
A Coreia do Norte tem sido o lugar mais difícil do mundo para um cristão praticar sua fé; um recorde desde que a Classificação da Perseguição Religiosa foi criada, em 1994. Considerada hoje a nação mais fechada do mundo por suas políticas de isolamento, a Coreia do Norte é um mundo à parte, onde servir a Deus custa um alto preço. Qualquer atividade religiosa é vista como uma forma de revolta contra os princípios socialistas do governo e contra o culto à personalidade do líder, Kim Jong-Un.
Ser cristão na Coreia do Norte significa ser proibido de professar sua fé abertamente. Forçados a viver somente em segredo, os cristãos não ousam compartilhar sobre a sua fé nem mesmo com seus familiares, por medo de ser enviados a campos de trabalho forçado (onde estão presos cerca de 50 a 70 mil cristãos). Uma pessoa descoberta em atividade religiosa está sujeita a detenção, desaparecimento, tortura e até mesmo execução pública.
No entanto, apesar das dificuldades enfrentadas, a Igreja continua perseverando e está crescendo: há cerca de 400 mil cristãos no país. A Bíblia é uma raridade, pois contrabandear Bíblias para dentro do país é algo punido com morte. No entanto, estrateǵias têm furado este bloqueio fazendo o envio por intermédio de balões. Os cristãos que as possuem, mantêm suas bíblias enterradas, embrulhadas em plásticos.
Cristãos que são pegos professando a sua fé, podem ser torturados para negá-la. Quando sobrevivem às torturas, são enviados a campos de concentração, onde trabalham por 18 horas por dia e se alimentam de algumas gramas de comida
“Através da fé, venceremos as dificuldades e o sofrimento. E, também, confortados pela fé, conseguiremos prosseguir”, diz um cristão norte-coreano.
Motivos de oração
1. A situação atual é terrível, mas Deus está usando esse sofrimento para o bem. Portas estão se abrindo para o evangelho à medida que o governo torna-se cada vez mais favorável a aceitar os ministérios cristãos de ação social e humanitária. Ore para que esta pequena abertura na esfera governamental possa expandir-se rapidamente.
2. O povo sofre com a obrigação de cultuar os líderes do país. Ore para que o vazio dessa falsa religião torne-se evidente e para que os norte-coreanos busquem o Deus verdadeiro.
3. Organizações missionárias voltadas para a Coreia prosseguem em sua preparação. Ore para que as organizações missionárias encontrem formas de realizar seu trabalho nos dias de hoje.
4. Os cristãos coreanos sofrem com a falta de Bíblias. A maioria dos cristãos não possui sua própria Bíblia e muitos não têm sequer acesso a uma. Ore para que ministérios cristãos consigam suprir o país com Bíblias. A maioria das Bíblias tem que ser contrabandeada e equipes de entrega continuam sendo necessárias. 
5.Ore por Hyeon Soo Lim, que foi condenado à prisão perpétua na Coreia do Norte, no mês de dezembro de 2015, era um missionário ativo no país, onde fornecia abrigo, alimentação e outros benefícios aos refugiados que viviam em condições precárias. Desde 2013, Hyeon Soo Lim ministrava a Palavra de Deus no país. Segundo fontes ligada ao missionário, ele havia organizado a abertura de cerca 500 igrejas clandestinas no país. Lim foi preso, torturado e acusado de tentar derrubar o governo norte-coreano.(fonte:portas abertas)

POR QUE FALSOS LÍDERES CONSEGUEM ENGANAR A TANTOS?

Volta e meia alguém se pergunta: " por que as "igrejas" dirigidas por falsos profetas e falsos líderes crescem tanto? Quais os motivos que levam uma pessoa a frequentar lugares cujos ensinos não são bíblicos?
Falsas "igrejas" dirigidas por falsos líderes crescem porque :
1) pregam um evangelho centrado no homem, ou seja, sua mensagem é antropocêntrica e visa somente a satisfação do freguês.
2) porque o deus anunciado por seus líderes religiosos é um falso deus, moldado pela vontade humana, cujo objetivo não é a glória do Deus Verdadeiro, e sim o enriquecimento dos próprios líderes ou priorizando a prosperidade financeira dos seguidores.
3) porque relativizaram as Escrituras, relativizando o pecado, suas consequências e juízo final, nessa perspectiva, não pregam sobre a cruz, arrependimento, salvação, muito menos vida e morte eterna. Tudo se pode fazer, não há compromisso com uma nova vida, uma nova maneira de viver.
4) porque estão debaixo do juízo de Deus. Por não desejarem o verdadeiro Deus, o Senhor os entregou a si mesmos, levando-os assim a desfrutar de um falso evangelho, pregado por falsos líderes e que anunciam um falso redentor. São cegos guiando outros cegos para o abismo da perdição eterna.
Pense nisso! E cuidado... Nem se afaste de Deus decepcionado com o que tem visto por aí, nem se deixe levar pela multidão. Lembre-se do que disse Jesus:
" E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos.
E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará.
Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.
"(Mateus 24:11,12,24)
(adaptado de Renato Vargens)

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

AUMENTA O NÚMERO DE MUÇULMANOS CONVERTIDOS AO CRISTIANISMO NA EUROPA

Quando batizados, os muçulmanos de Irã, Síria ou Afeganistão têm atrás de si uma odisseia de intolerância, opressão, violência ou guerra civil. Com a conversão ao cristianismo, eles dão um ponto final às suas biografias anteriores, nas quais a religião era mais um motivo de conflito do que do encontro da paz.
A Igreja da Trindade, evangélica luterana, não é a única da Alemanha que registra um movimento contra a corrente. Em todo o país, milhares de muçulmanos converteram-se ao cristianismo nos últimos anos. Segundo Gottfried Martens, de 52 anos, quanto maior é o debate sobre o fundamentalismo e o jihadismo na mídia, maior é também o interesse de jovens muçulmanos pelas religiões cristãs.
Mas o fundamentalismo religioso nos países de origem é também um fator importante na decisão da conversão. Somaye, uma iraniana convertida ao cristianismo, afirma que resolveu deixar de ser muçulmana no dia em que começou a ser perseguida pela polícia religiosa do seu país.
— Eu estava fora de casa quando fui informada por amigos que a minha casa tinha sido vasculhada pela polícia religiosa, que encontrou no meu quarto uma Bíblia, um delito grave para um muçulmano no Irã — revela a iraniana de 29 anos.
Uma conversão ao cristianismo só é possível no exílio. Países como o Irã, que têm uma polícia religiosa com poderes ainda maiores do que a Justiça comum, classificam a conversão como um crime tão grave que deve ser punido com a pena de morte.
Para evitar a perseguição no exílio, a igreja alemã mantém sigilo sobre os convertidos, embora o batismo, que é a coroação do processo de conversão, seja aberto ao público.
Como não consegue mais atender à demanda de todos os interessados, o pastor Martens, que batizou 350 muçulmanos no ano passado, pediu ajuda de comunidades vizinhas, que passaram a abrir mais espaço para receber os novos cristãos.
Cada um tem uma história diferente para contar, mas há um elemento em comum: uma situação de conflito extremo. O iraniano Elia Hosseini, de 20 anos, sofreu na adolescência uma opressão dupla — da polícia religiosa e do próprio pai, um muçulmano fundamentalista que teria tentado assassinar o filho por não tolerar os contatos que este tinha com cristãos.
Ser cristão significa para mim ter a sensação da mais profunda liberdade — diz o iraniano, que todo domingo frequenta a igreja de Steglitz.
Talvez influenciado pela própria experiência, Hosseini diz que o cristianismo é a religião da alegria...
Com informações do Extra Online
Foto: Reprodução
Buscando Allah, encontrando JESUS - CBN News - testemunho do muçulmano que teve uma mudança grande na sua vida -Nabeel Qureshi cresceu um muçulmano devoto e sempre questionou os cristãos sobre sua fé. Anos mais tarde, quando viu o outro lado da sua fé, ele manteve a sua crença, mas começou a ficar sem argumentos.
"Disse-lhe Tomé: Senhor, nós não sabemos para onde vais; e como podemos saber o caminho?
Disse-lhe Jesus: Eu sou O CAMINHO, e a VERDADE e a VIDA; ninguém vem ao Pai, SENÃO FOR POR MIM.João 14:5-6
(dê um pause no play de músicas acima e clique no canto direito deste vídeo para assistí-lo em tela cheia)

DERRUBE OS GIGANTES COM A FORÇA DO SENHOR!

Qual é o gigante, que tem se levantado contra você?
Por acaso é o gigante do fracasso conjugal? São gigantes na área financeira? Gigante da depressão? Da decepção? Observe que os gigantes, que estão te fazendo temer hoje, são os mesmos que você enfrentou no passado e saiu como vencedor.
A escolha é sua: Voltar atrás, desistir, fugir ou seguir em frente, se lembrando que você já os enfrentou antes . Vai voltar? Vai desistir? Ou vai seguir em frente, tendo a certeza das promessas do Senhor em Isaías 45: 2,3 " Eu irei na sua frente e aplanarei as montanhas; arrebentarei portões de bronze e quebrarei as suas trancas de ferro. Eu lhe darei tesouros escondidos, riquezas guardadas em lugares secretos a fim de que você saiba que eu sou o SENHOR, o Deus de Israel, que o chama pelo nome. "
No mundo espiritual existe espíritos malignos que tentam de todas as formas te impedir de conquistar as bênçãos de Deus, tentam te desanimar, te entristecer, tentam de tudo para fazer você desistir, pois o que esses espíritos malignos mais gostam de fazer é colocar impedimentos na vida das pessoas.
Porém, diante do Nosso Deus, não existem impedimentos, pois agindo Deus, ninguém impedirá, Deus tem como propósito quebrar todos os impedimentos da sua vida, para que você possa ser Feliz e completamente Abençoado.
Deus está com você...aonde quer que fores, Ele luta com você e por você! Então guerreiro, guerreira, se o gigante se levantar contra você, manda vir e bota pra dormir, pois o Deus que servimos é o Senhor dos Exércitos e também é o Deus do impossível !
"Assim Davi venceu o gigante filisteu com uma atiradeira e uma pedra; sem espada na mão, derrubou o filisteu e o matou." (1 Samuel 17:50)

sábado, 2 de janeiro de 2016

DE GRAÇA RECEBESTES, DE GRAÇA DAI



Busque lugares que o Evangelho é tratado com seriedade, talvez você estranhe a falta de espetáculo, mas não se preocupe, a Palavra de Deus irá suprir isto.
Busque lugares onde o dizimo e ofertas não são cobrados como se fossem sua obrigação dar e sim onde toda colaboração é incentivada para ser dada de forma voluntária, apenas para pagar as contas de luz, despesas normais, etc. Vamos meditar no testemunho deixado pelo apóstolo Paulo, no livro de Atos 20.33-35: " De ninguém cobicei a prata, nem o ouro, nem a veste. Vós mesmos sabeis que, para o que me era necessário, a mim e aos que estão comigo, estas mãos me serviram. Tenho-vos mostrado em tudo que, trabalhando assim, é necessário auxiliar os enfermos e recordar as palavras do Senhor Jesus, que disse: Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber."
AINDA HÁ MUITAS IGREJAS, QUE ANUNCIAM O EVANGELHO PURO, COMO A Iec Getulândia QUE NÃO QUEREM SEU DINHEIRO, ONDE VOCÊ SE SENTIRÁ À VONTADE E NUNCA SERÁ PRESSIONADO A NADA.
VEJA ESTE BELO EXEMPLO DE QUEM SEGUE O EVANGELHO BÍBLICO:

PASTOR INVESTE DINHEIRO DOS DÍZIMOS PARA CONSTRUIR CASAS PARA NECESSITADOS
Fábio Mendonça é pastor da Assembleia de Deus, Ministério Lagoinha, em Araruama, Rio de Janeiro e também sargento da Polícia Militar em Cabo Frio. Sua igreja tem cerca de 200 membros e tem chamado atenção por fazer um investimento surpreendente: usar dízimos e ofertas para construir casas para pessoas em condições de vulnerabilidade social.

Andréa Silva Rocha, que recebeu uma das casas comemora: “Fui amparada na hora em que mais precisei, hoje tenho a segurança de um lar”.

Percebendo a necessidade de outras pessoas carentes, decidiu ajudar a cavar a fundação das casas. 

O critério para a entrega é “o grau de dificuldade das pessoas”, explica. Foram construídas quatro casas onde os dízimos e ofertas custearam a obra. Além do pastor, três pedreiros ajudam nas construções trabalhando voluntariamente durante os finais de semana. O pastor diz que não pede dinheiro, mas tem conseguido pagar as contas.

“Acredito que quando o trabalho é direito, o Espírito Santo se encarrega de mover o coração das pessoas ao desejo de ofertar. E assim foi: um membro doou mil tijolos, outro duas pias…”, conta. Mas a iniciativa não é isenta de críticas “Alguns líderes me perguntaram se eu não estava “arrumando” muito trabalho.

“Se Deus pensasse no trabalho que o ser humano dá a Ele em relação à desobediência a seus princípios, não teria feito o mundo. Tudo que fazemos na vida pode nos gerar problemas, você não compra um carro, por exemplo, pensando que o pneu pode furar um dia, mas no benefício que você vai ter com o veículo”, desabafa.
Por fim, ele deixa um “recado” para os líderes : “As igrejas devem ficar mais atentas à necessidade do povo. Sejam elas materiais ou espirituais. Há igrejas em que a maioria dos membros não possui necessidades financeiras, mas sempre há os que precisam de ajuda espiritual e aqueles que precisam de ajuda material”.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

O PODER DA ORAÇÃO DA FÉ (dê um pause no play de músicas acima para assistir ao vídeo. Clique no canto esquerdo do vídeo para assistí-lo em tela cheia)

Após sofrer um grave acidente de moto em maio de 2009, um jovem da pequena cidade de Itaperuna (RJ) contou com o apoio de seus conterrâneos, que se mobilizaram em uma grande vigília de oração por sua cura. O resultado foi surpreendente. Esta matéria integrou uma série especial da Rede Bandeirantes sobre 'Cura pela Fé'.
De acordo com a Bíblia, o poder da oração é simplesmente o poder de Deus, o qual escuta e responde às orações. Considere o seguinte:
1) O Senhor Deus pode fazer qualquer coisa; não há nada impossível para Ele (Lucas 1:37).
2) O Senhor Deus Todo-poderoso convida o Seu povo a orar a Ele. Oração a Deus deve ser feita de uma forma bem persistente (Lucas 18:1); com ação de graças (Filipenses 4:6); em fé (Tiago 1:5), de acordo com a vontade de Deus (Mateus 6:10), para a glória de Deus (João 14:13-14) e de um coração correto diante de Deus (Tiago 5:16). Sempre em nome de Jesus.
3) O Senhor Deus escuta as orações de Seus filhos. Ele nos manda orar, e promete escutar nossas orações. “Na minha angústia, invoquei o SENHOR, gritei por socorro ao meu Deus. Ele do seu templo ouviu a minha voz, e o meu clamor lhe penetrou os ouvidos” (Salmos 18:6).
4) O Senhor todo-poderoso responde às orações. “Eu te invoco, ó Deus, pois tu me respondes; inclina-me os ouvidos e acode às minhas palavras” (Salmos 17:6). “Clamam os justos, e o SENHOR os escuta e os livra de todas as suas tribulações” (Salmos 34:17).
Em Atos 12, a igreja ora pela libertação de Pedro da prisão (v.5), e Deus responde suas orações (v.7-11). Pedro bate à porta do lugar onde as pessoas estavam reunidas para orar, mas aqueles que estavam orando de primeira se recusaram a acreditar que realmente era Pedro. Eles oraram para que Pedro fosse liberto, mas não acreditavam que iriam receber uma resposta à sua oração.
O poder da oração não vem de nós – não são palavras especiais que dizemos ou um jeitinho especial que oramos ou até mesmo quão frequentemente repetimos nossas orações. O poder da oração não é baseado em que direção nos viramos ou qual a posição dos nossos corpos quando oramos. O poder da oração não vem do uso de artefatos, imagens, velas ou objetos religiosos.
O poder da oração é baseado em Quem escuta nossa oração e a ela responde. Oração nos coloca em contato com o Deus Todo-poderoso, e devemos esperar grandes resultados, quer Deus queira nos dar ou negar o que pedimos, ou até mesmo se Ele pede para que esperemos nEle.
Qualquer que seja a resposta das nossas orações, o Deus a quem oramos é a fonte de todo o poder. Ele pode e vai nos responder de acordo com a Sua perfeita vontade e no momento que Ele julgar correto.
(www.gotquestions.org)